Justiça retoma trabalhos. Decisões devem mudar cenário político do país
publicado em: 02/02/2016

Prazos processuais e análise de ações pelo Supremo contra deputados e senadores suspeitos na Lava Jato voltam após o fim do recesso; no TSE, ação contra Dilma também

O Judiciário retomou os trabalhos na segunda-feira (1º), após o recesso, neste que deve ser um dos anos mais agitados para as cortes superiores do país. Tudo por causa da Operação Lava Jato. São dezenas de políticos com foro privilegiado que devem ter seus casos analisados pelo Supremo Tribunal Federal.

Há parlamentares que são alvo de inquérito, a fase de investigação dos crimes, quando são solicitadas, por exemplo, a quebra de sigilo bancário ou a busca e apreensão em residências e escritórios. Há aqueles que já estão denunciados, fase em que a Procuradoria-Geral de Justiça apresenta formalmente a acusação. E há ainda a expectativa de abertura de ações penais, quando o político vira réu.

Além da esfera criminal, o judiciário vai lidar com questões eleitorais de impacto no cenário político. Também foram reiniciadas as sessões do Tribunal Superior Eleitoral, onde tramitam quatro ações do PSDB que pedem a cassação dos mandatos da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer.

Pontos importantes que devem ser analisados pelos Tribunais Superiores:

1. Afastamento de Cunha
2. Abertura ou não de processos contra acusados da Lava Jato
3. Andamento de Inquéritos da Lava Jato
4. Tribunal Superior Eleitoral e Dilma


https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/02/01/Justi%C3%A7a-retoma-trabalhos.-Decis%C3%B5es-devem-mudar-cen%C3%A1rio-pol%C3%ADtico-do-pa%C3%ADs?utm_campaign=a_nexo_20160202&utm_medium=email&utm_source=RD+Station


 
Avenida Paulista, n° 2202 – Conjunto 111 - São Paulo/SP
+55 11 3266-2333 | bvps@bvps.adv.br
 
© 2021 Copyright - Todos os direitos reservados